domingo, 24 de março de 2013

O que é a Caatinga?






 Caatinga (do tupi: caa (mata) + tinga (branca) = mata branca) é o único bioma exclusivamente brasileiro, o que significa que grande parte do seu patrimônio biológico não pode ser encontrado em nenhum outro lugar do planeta. Este nome decorre da paisagem esbranquiçada apresentada pela vegetação durante o período seco: a maioria das plantas perde as folhas e os troncos tornam-se esbranquiçados e secos. A caatinga ocupa uma área de cerca de 850.000 km², cerca de 10% do território nacional, englobando de forma contínua parte dos estados da Paraíba, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Maranhão, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia (região Nordeste do Brasil) e parte do norte de Minas Gerais (região Sudeste do Brasil).


As principais características da caatinga são:


- forte presença de arbustos com galhos retorcidos e com raízes profundas;
- presença de cactos e bromélias;
- os arbustos costumam perder, quase que totalmente, as folhas em épocas de seca (propriedade usada para evitar a perda de água por evaporação);
- as folhas deste tipo de vegetação são de tamanho pequeno.



Biodiversidade:



Ao contrário do que muitos pensam, a Caatinga apresenta grande variedade de paisagens, relativa riqueza biológica e endemismo. Até agora foram identificados 1.200 espécies de plantas vasculares, 185 espécies de peixes, 44 lagartos, 47 cobras, 4 tartarugas, 3 crocodilos, 49 anfíbios, 350 pássaros e 80 mamíferos. A porcentagem de endemismo é muito alto entre as plantas vasculares (aprox. 30%) e um pouco menor no caso dos vertebrados (até 10%). A maioria dos animais da Caatinga tem habitos noturnos.


Vegetação:

A vegetação predominante da Caatinga é do tipo Savana Estépica (estacional - decidual). Esta floresta aberta, muitas vezes seca apresentando três estratos diferentes: arbóreo (8 a 12 metros), arbustivo muitas vezes com a presença de suculentas / cactáceas e bromeliáceas (2 a 5 metros) e o herbáceo (abaixo de 2 metros).



Solo: 


A falta de capacidades de armazenagem da água, devido a solos rasos e pedregosos, dificulta ainda mais a situação. Por outra parte, os solos da Caatinga são bastant férteis (diferente do Cerrado). Por isso, a melhor época para turismo é o período de chuvas quando a Caatinga se transforma em um verdadeiro jardim.



Geologia / Geomorfologia: 

A Caatinga se desenvolve sobre terrenos pré - cambrianos da Província Borborema, no norte do Escudo Atlântico. Está repleta de granitóides (plutóns) neoproterozóicos que intrudiram a província durante a colisão de blocos continentais, na gênese de Gondwana - Ocidental (Ciclo Brasiliano - Pan Africano).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário